Your Place for cinema

Wednesday, September 28, 2005

Critíca de Cinema - Ela Odeia-me (She Hate Me)

Realmente o Spike Lee não consegue fazer um filme mau. Até podia fazer um filme sobre a vida sexual dos vegetais e seria interessante da mesma maneira. Mas como já tinha dito antes este não é decididamente Spike Lee "vintage".

O filme começa de maneira excelente, com um dos melhores genéricos de ínicio de que tenho memória (não contando com o de "Catch me If you Can" - Era genial). Uma corrida por todas as personagens e motivos inseridos nas notas de dólar nos E.U.A. E a surpresa final da nota de 3 dólares é hilariante...Mas isso não vou contar. Têm de ir ver.
A história acompanha a vida de Jack. Jack (Anthony Mackie - uma boa surpresa), um executivo de biotécnica, é despedido quando denuncia às autoridades os duvidosos negócios da sua empresa, após a dica de um amigo que curiosamente se suicida (Abre-lhe a mente para os negócios escuros que se passam nas suas costas. Marcado como 'bufo' e desempregado, Jack precisa desesperadamente de trabalhar. Quando a sua ex-namorada Fatima, que é agora lésbida, lhe oferece dinheiro para que ele a engravide e à sua namorada Alex, Jack fica tentado com a oportunidade de dinheiro fácil.

O filme realmente escorrega bem, com uma primeira parte de um thrilher político nos meandros de uma grande empresa e todos os problemas associados a altos executivos. A segunda parte entra no mundo da prostituição (neste caso de homens). E aí o humor está em grande e a humilhação também (o homem como objecto sexual, é o reverso da medalha e chega realmente a ser doloroso ver o pobre...).
Mas então o fim chega e apesar da boa conclusão no capítulo do thriller (com uma boa cena em tribunal com Brian Denehy - apesar do final cor-de-rosa) agora no capítulo da vida pessoal de Jack é realmente insólito. Não dá para acreditar. E ainda por cima vindo de Spike Lee (é so lembrar do final de "Não Dês Bronca").
É constrangedor...Fiquei de boca aberta no mau sentido e o filme acabou por perder alguma da sua magia. E poderia ter sido um manifesto sexual em relação a tudo e mais alguma coisa (prostituição, corrupção, homossexualidade etc).
Acabou por ser Spike Lee numa má colheita. Aconselhável mas não imprescíndivel

Nota do Filme - Ela Odeia-me (She Hate Me) - 5/10 (***)

6 Comments:

Anonymous Anonymous said...

Blog Faces Suit Over Reader Comments
OTHER FREE FEATURES Brokers Fiddle as Real Estate Burns Business: Technology should be making Realtors' work easier.
Find out how you can buy and sell anything, like things related to music on interest free credit and pay back whenever you want! Exchange FREE ads on any topic, like music!

28 September, 2005

 
Anonymous Anonymous said...

Two states to police political sites
An election "security seal" program intended for Web sites kept by politicians signed up two state officials on Tuesday.
Find out how you can buy and sell anything, like things related to music on interest free credit and pay back whenever you want! Exchange FREE ads on any topic, like music!

28 September, 2005

 
Blogger Francisco Mendes said...

Não é uma das minhas prioridades... talvez por não simpatizar por aí além com Spike Lee. Talvez o deixe para DVD...

28 September, 2005

 
Anonymous André Batista said...

dou-lhe cinco estrelas (tive que ir ao 'monumental' vê-lo!!), e é na minha opinião um dos melhores filmes do ano. é spike lee em grande!!

28 September, 2005

 
Anonymous Pedro Ginja said...

Epá se achas este um grande filme tens de ver o "Não Dês Bronca". Bate este em todos os tempos e tem um final monstruoso...

Aconselho vivamente..

29 September, 2005

 
Anonymous Anonymous said...

i love this movie cause it has lodes of sex
i'm a lesbian and i think they should do more movies about us

adorei este filme porque tem montes de sexo e eu adoro fzr sexo
sou lesbiaca e penso que podia fzr mais filmes sobre nos

11 October, 2006

 

Post a Comment

<< Home